Os nossos frascos reciclados, hoje.

BOM ANOOOO, pessoal!!!
Ora aqui estou eu a cumprir a última promessa de 2018: partilhar convosco o que aconteceu com alguns dos DIY feitos por nós ao longo destes três anos. Avaliando assim, de repente, só me lembro de um que não vingou. De resto, julgo que nos podemos dar por muito felizes com a taxa de sucesso dos nossos projetos.
Mas, antes disso, queremos aproveitar a ocasião para vos desejar um 2019 muito feliz! Que seja um ano muito profícuo, produtivo e criativo para todos!… e que continuem a seguir-nos, pois está claro! A fazer LIKE nos nossos posts, a colocar corações nas nossas imagens, a comentar,… não imaginam como isso é importante e como a nossa continuidade por aqui depende disso… não pensem que o vosso GOSTO será só apenas mais um, e que mais um menos um não faz diferença. Não. Faz tanta diferença!

… show me your love…

Entretanto, da nossa parte esperamos continuar a inspirar-vos, esperamos continuar a motivar-vos para fazerem vocês mesmo, a ajudar-vos a poupar algum dinheiro com muitas dicas úteis e a motivar-vos para cuidarem e organizarem as vossas casas (que, no fundo, são a nossa terceira pele; a segunda é a roupa, segundo Hundertwasser).

Posto isto, vamos lá ver o que é que aconteceu com alguns dos DIY realizados lá para trás. Se resultaram, se continuamos a gostar deles, se faríamos hoje diferente,…
Resolvi começar por um com o qual nos cruzamos frequentemente: os frascos de conservas que reciclei e coloquei no quarto de banho. Estes, terminados assim.

 

Os nossos frascos reciclados, hoje.

 

Já lá vão dois anos. Dois anos, no quarto de banho, sujeitos a humidade, limpeza e contacto com mãos com cremes ou sujas de maquilhagem.
O frasco rosa não se pode dizer que esteja bem. A tinta na zona do vidro está a saltar, embora a da tampa até se tenha aguentado.

 

Os frascos cinzentos continuam impecáveis e apenas um tem uma pequeníssima “falha” de tinta na tampa, mas os outros, nada. Este spray cinza metalizado é de excelente qualidade e aderência!

A decoração nas tampas continua perfeita.

Notas finais:
– Estes frascos reciclados continuam a ser muito úteis;
– Não nos cansámos da sua imagem e continuamos a gostar deles;
– O quarto de banho é perfeito para eles, embora possam ter muitas outras funções em qualquer divisão da casa;
– Nunca mais saíram do quarto de banho e, à exceção do rosa, manter-se-ão por lá durante mais uns tempos, talvez anos até.

Avaliação final:
∗∗∗∗
(só não têm cinco estrelas por causa do rosa)

Outros comentários e dicas:
– É óbvio que o spray utilizado, a sua qualidade, faz toda a diferença no resultado, na durabilidade do trabalho; este spray cinza é próprio para exterior e interior, para superfícies metalizadas e tem uma espécie de uma areia fina, não sendo completamente acetinado;
– As tampas dos frascos, se forem lixadas previamente, agarrarão melhor a tinta.

Bom, e é isto. Se tiverem mais alguma questão, não deixem de nos colocar.
Entretanto, também nos podem dizer se este “balanço” é interessante para vós ou não, e essa será a vossa forma de nos darem aquele “alô, estou por aqui!”.

Beijos e abraços e muitos frascos reciclados,
Carl♥ta

Sem Comentários

Publique um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.